Vai ter diversidade na TV, sim! (No Oscar, não.)

Publicada em 20:01 - 15/01/2015 por gugasms

Enquanto o Oscar deu dois passos imensos para trás hoje, a TV demonstra mais uma vez a sua superioridade, dando um passo enorme a favor da diversidade em Hollywood. Semana passada, a FOX estreou uma das melhores séries da temporada: “Empire”, com um elenco predominantemente negro.

“Empire” bateu recorde de audiência nos EUA, a estreia mais assistida da temporada, ao lado de quem? “How To Get Away With Murder”, cuja protagonista é negra. Outra série de sucesso desta temporada? “Black-ish”, sobre uma família negra. A primeira série da CW indicada ao Globo de Ouro? “Jane The Virgin”, com uma protagonista latina. A série de drama mais falada dos EUA no momento? “Scandal”. Tudo isso numa temporada em que tivemos “Red Band Society”, “Fresh Off The Boat”, “Cristela”... Viram aonde eu quero chegar?

Algumas das maiores e melhores séries do momento são as que mais têm pessoas de cor, mulheres protagonistas e personagens abertamente gays, então por que o Oscar, considerada a premiação mais importante de Hollywood, não me indica sequer um negro(a) como melhor ator/atriz quando há um filme (indicado a Melhor Filme) com o elenco predominantemente negro? Por que nenhuma mulher foi indicada aos prêmios de direção e roteiro, quando se tem Gillian Flynn, roteirista de “Gone Girl”, e Ava DuVernay, diretora de “Selma”?

A resposta é simples: o mundo ainda é racista, machista e homofóbico. E a TV também não é perfeita, mas prova claramente que a falta de variedade não é o problema e mais uma vez ensina ao cinema como fazer direito, o que tem se tornado cada vez mais frequente nos últimos tempos.  Então que viva a TV! Viva a diversidade!

 


Outras postagens



Comente

Parceiros

Podcast

Facebook

InSUBs - Qualidade é InSUBstituível © 2007 - 2017 - Termos e condições de uso.