Oscar Nominees - The Post

Publicada em 22:02 - 17/02/2018 por PenelopeC

Em homenagem ao nonagésimo Oscar, resolvemos fazer uma série especial da nossa Weekly. Até o dia da premiação (04/03) postaremos aqui comentários dos nossos legenders sobre os filmes que foram indicados ao melhor prêmio (Melhor Filme). Serão dois filmes por semana. O de hoje foi dirigido por Amy Pascal, Steven Spielberg e Kristie Macosko Krieger.

 

Esperamos que gostem!

 

O mais interessante em The Post é o paralelo entre a história de 1971, do embate entre os jornalistas do Washington Post e o presidente Nixon acerca dos documentos do governo sobre a Guerra do Vietnã, e os embates dos jornalistas atuais contra o presidente Donald Trump. Outro debate muito atual que o filme traz é o espaço de fala da mulher diante de decisões que diante de um olhar machista só deveriam ser tomadas por homens. Meryl Streep dá conta do trabalho.

A primeira hora do filme é quase difícil de acompanhar, as vezes confusa, as vezes simplesmente chata. Do meio para o final o filme melhora e acaba se tornando muito interessante, mas Spielberg se sabota com os minutos finais. Durante todo o filme tem muita explicação desnecessária, (por favor Hollywood, pare de pensar que todo mundo é burro) bordões óbvios e um apelo excessivo à emoção. O filme é bom, tem uma temática muito interessante, mas infelizmente comete alguns erros graves. My decision stands, and I'm going to bed.

 

Ziggy

 

Eu não sabia o que esperar do filme, e confesso que nos primeiros 20 minutos quase peguei no sono. Como não conheço muito sobre a Guerra do Vietnã (a não quer que os EUA perderam feio), ver um filme com tantos detalhes políticos da época me deixaram sonolenta. Mas, aos poucos, a atuação de Tom Hanks e Meryl Streep me deixaram mais animada.

Gostei bastante de ver uma mulher em um filme desta época que não abaixava a cabeça pra tudo que os homens diziam. Também gostei de detalhes como a coloração da película, os figurinos e cenários. Eu gosto de analisar estas coisas, e sei que fazem diferença na hora de colocar o espectador no clima em que a história se insere. 

Interessante a história, bem feito de modo geral. Mas não acho que mereça o Oscar. Talvez, nem a Meryl mereça o Oscar (ela é maravilhosa, mas não acho que tenha sido a melhor atuação dela. Pra quem nunca viu, sugiro A Dama de Ferro).

 

PenélopeC.


Outras postagens



Comente

Parceiros

Podcast

Facebook

InSUBs - Qualidade é InSUBstituível © 2007 - 2018 - Termos e condições de uso.