Filmes inesquecíveis (pelo menos para mim)

Publicada em 12:02 - 02/02/2014 por PenelopeC

Filmes, para mim, são como meus melhores amigos: me entendem, conversam comigo, me apoiam, me divertem, me alegram, me fazem chorar. Assim como os livros, eles não me perguntam como estou me sentindo: eu escolho aquele mais indicado para o momento e me perco nas cenas e palavras.

Aliás, é até difícil definir o que é maior: minha coleção de filmes ou minha coleção de livros. Os filmes devem estar entre 300 e 400, contando os em mídias físicas e os que ainda estão no HD. Livros, se entrar na conta os que estão no Kindle... passam de 500, fácil.

Por isso tenho uma ligação tão próxima com ambos, que me distraem e divertem, cada um a seu jeito. Alguns filmes me marcaram tanto e por tantos motivos que é difícil fazer uma lista de todos, mas vou tentar falar de alguns que vêm fácil à minha mente. Não liguem, a maioria é bem antigo (como os da imagem desta coluna).

Flubber foi o filme que me inspirou a escrever esta coluna. Ele passou na TV a cabo esses dias, e lembro que marcou bastante a minha infância. É o típico filme besta, com humor idiota, mas que não precisa ser apelativo (nos moldes dos dois primeiros Esqueceram de Mim).

Cronologicamente, outro filme veio antes deste em termos de importância: Em Busca do Vale Encantado. Um dos primeiros desenhos que assisti, e que ficou marcado para sempre. Foi por causa dele, inclusive, que comecei a fazer legendas (e acabei entrando para a InSUBs). Eu queria rever o filme, mas não achei cópias em português na internet. Então apelei para o Google, descobri um programa fajuto de fazer legendas, e fiz a minha primeira tentativa. Admito, não foi fácil, mas valeu a pena.

Meu Primeiro Amor foi outro marcante, mas por outro motivo: fiquei mais de 1 ano tendo pesadelos com esse filme. Sim, pesadelos!!! O menino morre picado por abelhas, e isso me perseguiu por anos! Depois o pessoal me pergunta por que não curto filmes de terror...

E aí chegamos ao primeiro filme baseado em livro que assisti: O Jardim Secreto. Leitura obrigatória, a história é tão linda que já li umas 5 vezes. Nessa mesma categoria, Harry Potter, Senhor dos Anéis, Jogos Vorazes, A Menina que Roubava Livros, e tantos outros que não dá nem pra contar.

Não posso esquecer, é claro, das minhas primeiras experiências no cinema: O Rei Leão e Pocahontas. Do primeiro, a única lembrança que tenho é do cinema muquifo em que assisti. Do segundo, lembro que não consegui assistir ao filme todo, pois estava doente e tossia muito com o ar condicionado da sala. Eu queria tanto ver que enchi o saco dos meus pais até que eles compraram o VHS pra mim (quem aí lembra o que é isso?). Aliás, foi uma das poucas vezes que eu quis tanto alguma coisa.

Como eu morava no interior, demorou um tempo para ter cinema na minha cidade. Quer dizer, até tinha (o muquifo onde eu vi Rei Leão), mas meus pais não me deixavam frequentar. Então, o primeiro filme mesmo que lembro de ter visto no cinema foi Titanic, quando eu já tinha meus 12 anos. E este é um dos poucos filmes que eu assisto feliz quantas vezes estiver passando na tv.

Ultimamente, meus melhores companheiros têm sido os filmes do Harry Potter. É uma história que me cativou completamente, e me traz boas lembranças da minha adolescência e começo de vida adulta.

Ah, se for parar pra pensar, são tantos... E você? Quais filmes mais te marcaram?


Outras postagens



Comente

Parceiros

Podcast

Facebook

InSUBs - Qualidade é InSUBstituível © 2007 - 2017 - Termos e condições de uso.