Devious Maids e as séries ruins que são boas

Publicada em 15:01 - 11/01/2014 por gugasms

Tem um fenômeno que eu acho muito legal nesse mundão das séries: os guilty pleasures. São aquelas séries que sabem que são ruins, todo mundo sabe que são uma porcaria, mas mesmo assim todo mundo assiste escondido.

Séries como “Gossip Girl”, “Desperate Housewives” (pelo menos as últimas temporadas) e “True Blood” foram alguns guilty pleasures dos últimos anos (Espera, como assim “True Blood” ainda está no ar???). Na última temporada, a maior representante desse grupo maravilhoso foi “Devious Maids”.

A série, do criador de “Desperate Housewives”, já vinha com uma premissa daquelas: a diarista de uma galera rica é morta e as outras empregadas tentam descobrir quem a matou. O famoso “quem matou Lineu / Odete Roitman (pros mais antigos)”, só que sobre uma empregada latina no mundo dos ricos e famosos de Los Angeles. A série já começou com aquele ar de “hmm, vai ser ruim” e por mais que continuasse ruim, com atuações absurdas e enredo bizarro, eu não consegui parar de assistir, até porque ela deu uma melhoradinha na metade da temporada... antes de ficar ruim de novo.

E é uma delícia ver séries assim. Nem todo mundo precisa viver só de “Mad Men”. Às vezes, é preciso uma “Revenge” ou uma “2 Broke Girls” pra relaxar e dar umas boas risadas. Então fica aqui o meu apelo pelo fim da discriminação contra séries ruins que são boas (e que na verdade são ruins mesmo, mas quem liga, né?). #guiltypleasurefobianão


Outras postagens



Comente

Parceiros

Podcast

Facebook

InSUBs - Qualidade é InSUBstituível © 2007 - 2017 - Termos e condições de uso.