Cinco motivos pelos quais você já devia estar vendo The Good Wife

Publicada em 22:02 - 02/02/2015 por Zeca

Ei, você. É, você mesmo. Cala a boca. Presta atenção em mim. Ok. Sabe como você acha que está vivendo a sua vida da maneira correta? POIS VOCÊ NÃO ESTÁ! Sabe o motivo? Você não está assistindo The Good Wife. "Ain, mas que..." SHUT UP! You disgrace our family, son. Agora, vamos corrigir esse problema.

Senhoras e senhores, trago CINCO MOTIVOS PELOS QUAIS VOCÊ JÁ DEVIA ESTAR VENDO THE GOOD WIFE! *drummroll*

 

 

 

1. Julianna Margulies

Desde Tony Soprano e o elenco de The Wire até Don Draper e Walter White, homens sempre foram a figura principal - e a mais forte - de séries famosas. Aqui, o papel se inverte. Sim, a série conta com fortes figuras masculinas, mas o poder e o foco da atenção está mesmo voltada para a personagem-título. Julianna/Alicia é a série. Mas ela não é aquela protagonista fofinha ou mulher do século XX. Alicia sabe bem o que quer e como quer. E dentro do que será melhor para si e, mais importante ainda, para sua família, ela correrá atrás disso. Não deixe o nome te enganar. Essa boa esposa pode ser bem badass, sem ser de uma maneira forçada.

 

2. 22 episódios bons POR ANO

As melhores séries que estão no ar atualmente são séries que não seguem a velha fórmula dos 22 episódios por temporada. Sendo, em sua maioria, séries de TV fechada, elas têm temporadas mais curtas, com 13, 12, 10 ou até mesmo 8 episódios. E esse número baixo de episódios resulta numa história mais fechada, sem enrolações. É aí que TGW entra como exceção. Sim, é uma série procedural, com casos da semana, como várias que vemos por aí. Mas, diferente de suas irmãs entediantes, essa série procedural não desaponta. Os roteiristas de The Good Wife, liderados pelo casal Robert e Michelle King, conseguem nos entreter até mesmo com os casos da semana, que em outras séries se mostram extremamente cansativos. Sem perder o fio da meada da trama principal, eles entregam, ano após ano, ótimas temporadas. Para você ter uma ideia geral da coisa: uma temporada de The Good Wife é como pizza ou sexo. É boa mesmo quando não é.

 

3. Kalinda

O outro pilar feminino forte da série. Kalinda é uma personagem como nenhuma outra e é impossível que alguém assista e não goste dela. Ela é a investigadora da firma Lockhart/Gardner, onde Alicia trabalha, e não pensa duas vezes antes de quebrar alguma regra para fazer seu trabalho ou simplesmente fazer o que quer. É, sem dúvidas, uma das grandes partes da série e vai deixá-la mais triste com sua partida, ao fim da sexta temporada.

 

4. Elenco

Todo o elenco de The Good Wife é bom. Do cliente do caso da semana, ao juiz, ao advogado adversário, ao advogado colega, ao familiar de quem quer que seja. Os roteiristas conseguiram a galinha dos ovos de ouro dos elencos de série porque qualquer um que apareça em tela consegue cumprir muito bem seu papel. Seja a protagonista que faz com que tenhamos empatia ou aquele carinha filho da mãe que a gente odeia. Fora a lista de convidados especiais que é de dar inveja a qualquer um, contando com Michael J. Fox, Matthew Perry, John Noble, Carrie Preston (que camisa bonita a sua), Dylan Baker, Nathan Lane, Gary Cole, entre vários outros que já deram o ar da graça. E, claro, o elenco principal. Matt Czuchry, Archie Panjabi, Christine Baranski, Josh Charles, Alan Cumming, Chris Noth e cia. Se você curte uma série com personagens interessantes, nessa você estará bem acompanhado.

 

5. A legenda é da InSUBs

Tá esperando o quê? :)

 


Outras postagens



Comente

Parceiros

Podcast

Facebook

InSUBs - Qualidade é InSUBstituível © 2007 - 2017 - Termos e condições de uso.